Mensagens

: Aniversário com sabor a doces de Natal.

Imagem
Relativamente ao post anterior a Joana Grilo fez-me duas perguntas que eu até poderia ter respondido em "privado" mas, por outro lado, achei engraçado fazer um post. Assim ficam a saber um pouco mais sobre mim e sobre a forma como encaro a altura em que faço anos! 
"Normalmente não te dão só uma prenda e dizem que é do Natal e dos anos? É bom ou mau fazer anos na mesma altura que o Natal?"
Por acaso nunca me deram uma prenda a valer pelos dois dias. Sempre tive prenda no Natal e nos anos, de toda a família. Sei que muita gente não tem a mesma "sorte" mas, por acaso, não tenho razões de queixa. Hoje em dia nem sequer ligo muito a prendas - prefiro dar presentes do que receber - mas recebo sempre um miminhos nos dois dias, nem que seja uma carta!
Adoro fazer anos na altura do Natal. Tenho uma paixão pelas luzes na rua e pelas decorações dessa época. Poder festejar o meu aniversário nesse ambiente é o que eu mais gosto e torna-o mágico! Nunca saberei o que é fe…

: Nem me reconheço...

Imagem
Quando penso no Natal e nos meus anos - dois dias depois - só consigo imaginar uma lista de desejos com artigos para a casa. Já lá vai o tempo em que pedia livros, cd's ou roupa, por exemplo. Não que tenha deixado de querer essas coisas, simplesmente acho que já tenho tralha a mais. E se há coisa que eu gosto é de viver de forma o mais minimalista possível. 
Por outro lado, vai fazer dois anos que estamos neste apartamento e, aos poucos, vai-se tornando no nosso lar com diversas aquisições. O essencial já cá está mas há sempre pormenores giros que são úteis e gostamos de acrescentar. O Pinterest e o Wishtêm sido os meus melhores amigos a descobrir coisas giras que gostaria de ter cá em casa! 
Quem sabe o que virá morar connosco...

: Pôr mãos à obra!

Imagem
Eu não sou muito dada a bricolage e, por norma, até fujo quando sei que o David se vai pôr a construir alguma coisa. Não só pelo lixo que fica mas porque detesto barulho de obras. Até já pintei paredes e ajudo em algumas coisas, mas sempre contrariada! Vá, confesso que de vez em quando lá vejo umas coisas giras que até gostava de fazer em casa. Uma das imagens - a cabeceira da cama - deverá ser feita até ao final do ano. A outra imagem - a estante "Love" - é um projeto a fazer no futuro, quando estivermos a mudar o "ninho" para acolher um bebé. De qualquer das formas está na altura de arregaçar as mangas e ajudar. Estes dois projetos vão saber-me bem!


Fonte: Pinterest

: Uma verdade incontornável.

Imagem
Nunca a chuva foi tão amada e desejada por todos, num pensamento que percorria todas as mentes. Já fazia falta - para tantas coisas - e ainda bem que chegou! Que fique cá por algum tempo, mas que não venha causar mais estragos num país já tão ferido. Estávamos a precisar deste fresco que acalmou as chamas e que traz o tempo típico da época. O Outono chegou. E com ele dias mais calmos, espero.

: A esperança que se vai.

Imagem
Não consigo escrever palavras de esperança quando Portugal está a arder. O nosso país - o nosso belo país - está a ficar negro. Na paisagem, na alma de todos nós. Tantas vidas que são perdidas. Pessoas que perdem tudo. Um pinhal com 700 anos de história que desaparece, quase por completo, num dia. O meu coração está apertado, por ter um incêndio relativamente perto da aldeia que me acolhe todos os verões e onde o David tem família. Sinto-me impotente, aqui tão longe. Sinto-me sufocada, sem conseguir imaginar como estarão as coisas por lá. Portugal, o país que eu tanto amo, está reduzido a cinzas. Está reduzido a lágrimas, tristeza, luto. É urgente reunir especialistas para estipular estratégias, para tentar prevenir novas catástrofes. É essencial dar a mão a quem luta contra as chamas; A quem com nada ficou. Está na altura de deixarmos os problemas menores de lado e unir forças, para fazer a diferença. Por Portugal, juntos. Por Portugal, sempre.

: Se eu entrasse num filme da Disney...

Imagem
... teria que ser uma vilã. Não que eu seja má - longe disso - mas porque gosto de analisar os planos maquiavélicos que eles inventam. Normalmente são personagens seguras de si, cativantes, que perseguem os seus objetivos. Tinham tudo para serem boas pessoas, exceto aquele gosto especial pela maldade! Além de que gosto bastante das músicas que eles cantam. Seria um desafio enorme fazer uma personagem diferente do meu feitio e iria dar-me imenso trabalho. Mas não deixaria de ser uma experiência bastante engraçada! 
Por enquanto vou sonhando enquanto oiço covers maravilhosas como esta que partilho convosco!

: Tempo frio, onde andas?!

Imagem
Confesso que apesar de gostar de um bom dia de sol tenho saudades dos dias mais frescos. Tenho saudades dos meus casacos quentes, dos meus mil gorros e cachecóis. Tenho saudades de beber um chá morno com a manta em cima das pernas. Tenho saudades dos dias que começam com nevoeiro. Até do som da chuva tenho saudades. Talvez daqui a uns meses esteja a sentir falta do sol mas, neste momento, preciso mesmo que o frio venha e se instale. Já chega de calor!