: Recados à Macaquinha [10]


Suja-te! Enquanto fores criança não te inibas de correr; saltar; brincar sentada no chão. Come a fruta sem medos. Usa as mãos para brincares na terra. Não te preocupes em manter a roupa impecável: vive a tua infância. Prometo, macaquinha, que tentarei resistir à tentação de te embelezar como se fosses uma daquelas bonecas de porcelana que nunca saíam das caixas com medo que ficassem em mil cacos. Irei resistir à típica tentação de te deixar imaculada. Nada irá valer mais a pena do que ouvir o teu riso quando saltares em poças de água. Nada irá valer mais a pena do que ver os teus olhos brilharem de felicidade. Quando fores adulta terás tempo para te preocupares em manter a tua roupa apresentável. Não o faças enquanto fores pequena. Aproveita esses anos de ouro e rebola na relva; escava buracos para encontrares tesouros; colhe fruta directamente da árvore. Suja-te: estarei por perto para te ajudar a limpar tudo o que for preciso.

Comentários

  1. São as melhores recordações que tenho de uma infância onde quase tudo foi imperfeito... :)))

    ResponderEliminar
  2. infelizmente acho que agora já não há "espaço" para esse crescer...

    ResponderEliminar
  3. r: Muito obrigada, minha querida *.*

    Só disse a verdade quando te referi!

    Gosto de saber isso :D aos pouquinhos vou reforçando essa ideia: de que temos mesmo muitas coisas em comum.

    Sim, tens razão, já não a conseguimos evitar.

    Foi uma agradável surpresa, porque nunca tinha lido algo da autora. Agora fiquei com vontade de ler os anteriores.

    É muito simples e rápida :) e, depois, visualmente fica mesmo gira.

    «Pitinha» no sentido carinhoso fica amoroso! E baixinha também, sobretudo quando são ditas por pessoas que nos dizem tanto.

    O último dia é mesmo para nos apertar o coração. O regresso sabe sempre bem, mas quando nos estamos a despedir já estamos nostálgicos e a pedir para voltar atrás no tempo.

    Que bom, fico mesmo feliz por ler isso *.*

    Vale a pena :)

    Sim, é mesmo engraçado, até porque olhas à tua volta e está tudo à procura do mesmo.

    É maravilhoso *.* passamos momentos de qualidade e sentimos que vimos embora mais enriquecidos. A sério? Isso é fantástico :D

    O ano passado fui lá por altura das festas, mas não fiquei para a noite. Lamego é mesmo lindo, adoro ir lá - uma das próximas viagens presentes na rubrica À boleia do mundo será essa :)
    Concordo, a vista é lindíssima. Também gostava de fazer esse cruzeiro.

    Acho que valem mesmo a pena conhecer.

    Concordo :D

    ResponderEliminar
  4. Um recado cheio de verdade e no entanto muito amoroso.
    O bom de tudo é saber que sempre seremos pequenos. ♥
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Sujarmo-nos, quando somos criança, faz-nos tão bem. É sinal que cada dia é uma aventura.

    ResponderEliminar
  6. É preciso é que se viva a infância vivendo-a realmente e aproveitando. E se assim é a roupa fica suja mas não é isso que importa (:

    ResponderEliminar
  7. Bonito recado! Concordo plenamente com as tuas palavras!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  8. Adoro estas tuas palavras tão doces!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?