: Breve viagem à minha mente confusa.


Antes de conhecer o David fazia-me espécie quando alguém me dizia que era incapaz de, por exemplo, passar férias sem a sua cara metade. Até aí só tinha passado férias com a minha família mas dizia - a mim mesma - que quando estivesse numa relação estável e séria não iria deixar que isso comandasse por completo a minha vida. Depois conheci o David. Nos primeiros anos não passámos férias juntos e sozinhos, por razões óbvias. Ele passava alguns fins-de-semana comigo e com os meus pais - no parque de campismo onde os meus pais estão - mas não havia muito mais que isso. Até há três anos atrás, quando fomos passar uns dias sozinhos ao Norte. O ano passado, visto que já morávamos juntos, conjugámos as nossas férias por completo. E vi-me na pele daquelas pessoas que há seis anos atrás me diziam que um dia eu iria perceber o que elas sentiam. Vi-me na pele de alguém que faz ginástica só para ter mais um dia de férias com a sua cara metade.

Este ano, por mil e uma razões, vou passar quinze dias de férias sozinha porque no trabalho dele não pôde tirar uns dias na altura que para mim as férias são "obrigatórias". Entretanto uma amiga minha disse-me que ia ter uns dias de férias nessa altura e se eu queria combinar alguma coisa. E se por um lado eu quero muito sair de casa e passar uns dias em algum lugar, por outro lado não quero deixá-lo sozinho. Sim, confio nele e nem é por isso que estou dividida. Sinto, em parte, que o estou a deixar para trás. Ele já me disse que não se importa mas eu continuo neste ímpasse sem saber o que fazer.

Isto é parvoíce minha ou é natural eu sentir-me assim visto que vivemos juntos?
Estou a dar em maluca...

Comentários

  1. Eu acho que até é saudável ires passar uns dias de férias com a tua amiga.

    ResponderEliminar
  2. É mais ou menos isso. Quando não for assim, se calhar a relação já não vale a pena. :/

    ResponderEliminar
  3. Talvez seja por nunca ter vivido com ninguém, mas acho que é sempre saudável passar algum tempo sozinha. Nem que sejam três dias. É óptimo estarmos com quem queremos, todavia, sozinhos descobrimos sempre algo novo sobre nós mesmos.
    Aproveita as férias :)

    ResponderEliminar
  4. Acho que é perfeitamente normal essa hesitação, até porque sentes que te vais divertir e ele fica cá a trabalhar. Como se tu fosses ter o proveito e ele ficasse "esquecido". Conversem, e se ele se sentir confortável com esta possibilidade não deixes de ir, porque, como diz a Ísis, é saudável.

    ResponderEliminar
  5. Acho perfeitamente normal que te sintas assim, desde que vivo que o meu A. que é as coisas funcionam de maneira um pouco diferente, claro que saio na mesma com as minhas amigas e temos jantares sem ele, mas fico sempre "preocupada" por ele ficar sozinho, se vai comer bem e por aí... Acho que o que sentes é normal, mas também acho que deves fazer o que te faz mais feliz!

    ResponderEliminar
  6. Realmente fica um sentimentos que estamos deixando algo para tas.
    Um belo texto! Beijos anjo

    ResponderEliminar
  7. acho que é normal tal duvida. quando a gente vive junto, fica difícil sair para ferias sem o outro. mas eu acho saudável a distancia =D

    beijinhhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?